Objetivos Estratégicos da Logística Reversa.

 Objetivos Estratégicos da Logística Reversa

O objetivo  principal desta atividade é apresentar o enorme potencial de ganhos e sustentabilidade que podem ser auferidos mediante o planejamento e execução de uma logística integrada no setor de piscicultura na criação de Tilápias no Brasil, principalmente no que se refere ao peixe “in natura”, por sua característica sem que se dispusesse, entre a maioria dos produtores, de uma infra-estrutura e condições técnicas de  manuseio e manejo.

Entretanto, entre muitas dificuldades, os produtores visualizaram uma oportunidade de aumento de ganhos através do couro e também dos resíduos da criação de tilápias.  Vísceras de tilápias pescadas no açude, que eram descartadas no meio ambiente, foram transformadas em silagem assim como em óleo rico em ômega 6 por empresas especializadas entre vários subprodutos comercializados como insumo para indústria de ração. Quanto ao couro da tilápia que antes era descartado foi transformado em produtos artesanais. Essa atividade tornou-se uma nova  fonte de renda para as famílias das pessoas envolvidas na exploração da criação da Tilápia.

Os resíduos que antes eram dispensados nos mananciais retornaram como ração servindo de alimento no manejo da criação, além de não descartar o resíduo da produção pesqueira na natureza, diminuiu o impacto ambiental promovendo o aumento da sustentabilidade econômica do setor.

Ações de conscientização ambiental dos criadores para que o descarte dos resíduos ocorresse de modo adequado foram fundamentais e geraram impacto positivo na imagem dos produtores beneficiando a negociação, tanto do lucro como a comercialização do produto final.

A Logística Reversa, neste cenário, se mostra como a condição de competitividade que possibilita, na cadeia de valor, produzir e distribuir ao menor custo  e na forma que o consumidor deseja, pois a vantagem competitiva deu-se através do aproveitamento das vísceras na cadeia produtiva e do couro como subproduto.

A função da Logística é exatamente fazer com que os consumidores tenham os produtos quando e onde quiserem e na condição que desejam, racionalizando os recursos necessários, estando aí o seu enorme potencial de ganhos, podendo ser de preservação ambiental, econômico, financeiro ou de imagem.

Autor: Roberto Dovanni

Diretor proprietário da Vejamais e-commerce Brasil ltda. Escritor, Contador, Formado em Consultoria Empresarial pela Thompson Management Horizons e Logística pela Universidade Metodista. www.vejamaisdigitalbr.com****

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *